Utilizar alertas e o sistema de estado para o System Center Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center Configuration Manager (current branch)

Todos os componentes do site principal geram mensagens de estado que fornecem comentários sobre as operações de site e de hierarquia. Estas informações podem mantê-lo informado sobre o estado de funcionamento dos diferentes processos do site. Pode otimizar o sistema de alerta para ignorar o ruído de problemas conhecidos, ao aumentar a visibilidade inicial para outros problemas que poderão requerer a sua atenção.

Por predefinição, o sistema de estado do Gestor de configuração funciona sem configuração, utilizando as definições adequadas para a maior parte dos ambientes. No entanto, é possível configurar o seguinte:

  • Summarizers de estado: é possível editar os summarizers de estado em cada site para controlar a frequência das mensagens de estado que geram uma alteração do indicador de estado para os quatro summarizers seguintes:

    • Summarizer de Implementação da Aplicação

    • Summarizer de Estatísticas da Aplicação

    • Status Summarizer de Componentes

    • Summarizer de Estado do Sistema de Sites

  • Regras do Filtro de Estado: é possível criar novas regras do filtro de estado, modificar a prioridade de regras, desativar ou ativar regras e eliminar regras não utilizadas em cada site.

    System_CAPS_noteNota

    As regras do filtro de estado não suportam a utilização de variáveis de ambiente para executar comandos externos.

  • Relatórios de Estado: é possível configurar os relatórios de componentes de servidor e de cliente para modificar a forma como as mensagens de estado são comunicadas ao sistema de estado do Gestor de configuração e especificar para onde as mensagens de estado são enviadas.

    System_CAPS_warningAviso

    Uma vez que as predefinições dos relatórios são adequadas para a maior parte dos ambientes, altere-as com cuidado. Quando aumenta o nível dos relatórios de estado ao optar por comunicar todos os detalhes do estado, pode aumentar o número de mensagens de estado a processar, o que aumenta a carga de processamento no site do Gestor de configuração. Se diminuir o nível dos relatórios de estado, poderá limitar a utilidade dos summarizers de estado.

Uma vez que o sistema de estado mantém configurações separadas para cada site, é necessário editar cada site individualmente.

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Administração > Configuração do Site >Sites e, em seguida, selecione o site para o qual pretende configurar o sistema de estado.

  2. No separador Home Page, no grupo Definições, clique em Summarizers de Estado.

  3. Na caixa de diálogo Summarizers de Estado, selecione o summarizer que pretende configurar e clique em Editar para abrir as propriedades desse summarizer. Se estiver a editar os summarizers Implementação da Aplicação ou Estatísticas da Aplicação, avance para o passo 5. Se estiver a editar o Estado do Componente, avance para o passo 6. Se estiver a editar o summarizer Estado do Sistema de Sites, avance para o passo 7.

  4. Utilize os passos seguintes depois de abrir a página de propriedades do Summarizer de Implementação da Aplicação ou do Summarizer de Estatísticas da Aplicação:

    1. No separador Geral da página de propriedades dos summarizers, configure os intervalos de resumo e clique em OK para fechar a página de propriedades.

    2. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Resumidores de Estado e concluir este procedimento.

  5. Utilize os passos seguintes depois de abrir as páginas de propriedades do Summarizer de Estado do Componente:

    1. No separador Geral da página de propriedades dos summarizers, configure os valores dos períodos de replicação e de limiar.

    2. No separador Limiares, selecione o Tipo de mensagem que pretende configurar e clique no nome de um componente na lista Limiares.

    3. Na caixa de diálogo Propriedades do Limiar de Estado, edite os valores dos limiares de aviso e crítico e, em seguida, clique em OK.

    4. Repita os passos 6.b e 6.c conforme necessário e, quando tiver terminado, clique em OK para fechar as propriedades do summarizer.

    5. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Resumidores de Estado e concluir este procedimento.

  6. Utilize os passos seguintes depois de abrir as páginas de propriedades do Summarizer de Estado do Sistema de Sites:

    1. No separador Geral da página de propriedades do summarizer, configure os valores de replicação e de agendamento.

    2. No separador Limiares, especifique os valores dos Limiares predefinidos para configurar limiares predefinidos para a apresentação dos estados críticos e de aviso.

    3. Para editar os valores de Objetos de armazenamento específicos, selecione o objeto na lista Limiares específicos e, em seguida, clique no botão Propriedades para aceder e editar os limiares de aviso e crítico dos objetos de armazenamento. Clique em OK para fechar as propriedades dos objetos de armazenamento.

    4. Para criar um novo objeto de armazenamento, clique no botão Criar Objeto e especifique os valores dos objetos de armazenamento. Clique em OK para fechar as propriedades dos objetos.

    5. Para eliminar um objeto de armazenamento, selecione o objeto e clique no botão Eliminar.

    6. Repita os passos 7.b a 7.e conforme necessário. Quando tiver terminado, clique em OK para fechar as propriedades do summarizer.

    7. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Resumidores de Estado e concluir este procedimento.

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Administração > Configuração do Site >Sites e, em seguida, selecione o site onde pretende configurar o sistema de estado.

  2. No separador Home Page, no grupo Definições, clique em Regras do Filtro de Estado. É aberta a caixa de diálogo Regras do Filtro de Estado.

  3. Clique em Criar.

  4. No Assistente de Criação de Regra de Filtro de Estado, na página Geral, especifique um nome para a nova regra do filtro de estado e os critérios de correspondência de mensagens para a regra e, em seguida, clique em Seguinte.

  5. Na página Ações, especifique as ações a executar quando uma mensagem de estado corresponde à regra de filtro e clique em Seguinte.

  6. Na página Resumo, reveja os detalhes da nova regra e, em seguida, conclua o assistente.

    System_CAPS_noteNota

    O Gestor de configuração apenas requer que a nova regra do filtro de estado tenha um nome. Se a regra for criada mas não forem especificados quaisquer critérios para processar mensagens de estado, a regra do filtro de estado não terá qualquer efeito. Este comportamento permite criar e organizar regras antes de configurar os critérios do filtro de estado para cada regra.

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Administração > Configuração do Site >Sites e, em seguida, selecione o site onde pretende configurar o sistema de estado.

  2. No separador Home Page, no grupo Definições, clique em Regras do Filtro de Estado.

  3. Na caixa de diálogo Regras do Filtro de Estado, selecione a regra que pretende modificar e execute uma das seguintes ações:

    • Clique em Aumentar Prioridade ou em Diminuir Prioridade para alterar a ordem de processamento da regra do filtro de estado. Em seguida, selecione outra ação ou vá para o passo 8 deste procedimento para concluir esta tarefa.

    • Clique em Desativar ou em Ativar para alterar o estado da regra. Depois de alterar o estado da regra, selecione outra ação ou vá para o passo 8 deste procedimento para concluir esta tarefa.

    • Clique em Eliminar se pretender eliminar a regra do filtro de estado deste site e, em seguida, clique em Sim para confirmar a ação. Depois de eliminar uma regra, selecione outra ação ou vá para o passo 8 deste procedimento para concluir esta tarefa.

    • Clique em Editar se pretender alterar os critérios para a regra da mensagem de estado e avance para o passo 5 deste procedimento.

  4. No separador Geral da caixa de diálogo das propriedades da regra do filtro de estado, modifique a regra e os critérios de correspondência de mensagens.

  5. No separador Ações, modifique as ações a executar quando uma mensagem de estado corresponde à regra de filtro.

  6. Clique em OK para guardar as alterações.

  7. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Regras do Filtro de Estado.

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Administração > Configuração do Site > Sites e selecione o site onde pretende configurar o sistema de estado.

  2. No separador Home Page, no grupo Definições, clique em Configurar Componentes do Site e selecione Relatórios de Estado.

  3. Na caixa de diálogo Propriedades do Componente de Relatórios de Estado, especifique as mensagens de estado do componente de servidor e de cliente que pretende comunicar ou registar:

    1. Configure Relatório para enviar mensagens de estado para o sistema de mensagens de estado do Gestor de configuração.

    2. Configurar Registo para escrever o tipo e a gravidade das mensagens de estado para o registo de eventos do Windows.

  4. Clique em OK.

O estado do sistema no Gestor de configuração fornece uma descrição geral das operações gerais de sites e das operações do servidor do site na hierarquia. Pode revelar problemas operacionais dos componentes ou servidores do sistema de sites e pode ser utilizado para rever detalhes específicos de diferentes operações do Gestor de configuração. Para monitorizar o estado do sistema, utilize o nó Estado do Sistema da área de trabalho Monitorização da consola do Gestor de configuração.

A maioria dos componentes e funções de sistema de sites do Gestor de configuração gera mensagens de estado. Os detalhes das mensagens de estado são registados no registo operacional de cada cliente, mas também são enviados para a base de dados do site, onde são resumidos e apresentados num rollup geral do estado de funcionamento de cada componente ou sistema de sites. Estes rollups de mensagens de estado fornecem detalhes de informações de operações regulares, avisos e detalhes de erros. Pode configurar os limiares em que os avisos ou erros são ativados e otimizar o sistema para assegurar que a informação de rollup ignora problemas conhecidos que não sejam relevantes para si e chama a atenção para problemas graves nos servidores ou para operações de componentes que pretenda investigar.

O estado do sistema é replicado para outros sites numa hierarquia como dados do site, não como dados globais. Isto significa que só é possível ver o estado do site ao qual a consola do Gestor de configuração estabelece ligação e dos sites subordinados abaixo desse site. Por conseguinte, considere a hipótese de ligar a consola do Gestor de configuração ao site de nível superior da hierarquia quando visualizar o estado do sistema.

Utilize a tabela seguinte para identificar as diferentes vistas de estado do sistema e quando utilizar cada uma delas.

Mais informações

Estado do Site

Utilize este nó para ver um rollup do estado de cada sistema de sites para rever o estado de funcionamento de cada servidor do sistema de sites. O estado de funcionamento do sistema de sites é determinado por limiares configurados para cada site no Summarizer de Estado do Sistema de Sites.

É possível ver as mensagens de estado de cada sistema de sites, definir limiares para mensagens de estado e gerir a operação dos componentes nos sistemas de sites através do Gestor do Serviço do Configuration Manager.

Estado do Componente

Utilize este nó para ver um rollup do estado de cada componente do Gestor de configuração para rever o estado de funcionamento operacional do componente. O estado de funcionamento do componente do site é determinado por limiares configurados para cada site no Summarizer de Estado do Componente.

É possível ver as mensagens de estado de cada componente, definir limiares para mensagens de estado e gerir a operação de componentes através do Gestor do Serviço do Configuration Manager.

Registos em Conflito

Utilize este nó para ver mensagens de estado sobre clientes que poderão ter registos em conflito.

O Gestor de configuração utiliza o ID de hardware para tentar identificar os clientes que possam ser duplicados e alertá-lo sobre os registos em conflito. Por exemplo, se tiver de reinstalar um computador, o ID de hardware será o mesmo, mas o GUID utilizado pelo Gestor de configuração poderá ter sido alterado.

Consultas de Mensagens de Estado

Utilize este nó para consultar mensagens de estado de eventos específicos e detalhes relacionados. É possível utilizar consultas de mensagens de estado para localizar as mensagens de estado relacionadas com eventos específicos.

É possível utilizar com frequência consultas de mensagens de estado para identificar quando um componente, uma operação ou um objeto específico do Gestor de configuração foi modificado, bem como a conta que foi utilizada para efetuar a modificação. Por exemplo, pode executar a consulta incorporada para Coleções Criadas, Modificadas ou Eliminadas para identificar quando uma coleção específica foi criada e a conta de utilizador utilizada para criar a coleção.

Utilize as informações seguintes para gerir o estado do site e o estado do componente:

É possível ver as mensagens de estado para componentes e servidores de sistema de sites individuais.

Para ver mensagens de estado na consola do Gestor de configuração, selecione um componente ou servidor específico do sistema de sites e clique em Mostrar Mensagens. Ao visualizar mensagens, é possível selecionar a visualização de tipos de mensagens específicos ou mensagens de um período de tempo específico, bem como filtrar os resultados com base em detalhes das mensagens de estado.

Os alertas do Gestor de configuração são gerados por algumas operações quando ocorre uma condição específica.

  • Normalmente, os alertas são gerados quando ocorre um erro que é necessário resolver

  • Os alertas podem também ser gerados para o avisar de que existe uma condição, para que possa continuar a monitorizar a situação

  • Alguns alertas são configurados por si, tais como alertas para o Endpoint Protection e o estado do cliente , enquanto outros alertas são configuradas automaticamente

  • Pode configurar subscrições de alertas, que podem então enviar detalhes por e-mail, melhorando a deteção de problemas chave

Utilize a tabela seguinte para encontrar informações sobre como configurar alertas e subscrições de alertas no Gestor de configuração:

Ação

Mais Informações

Configurar alertas do Endpoint Protection para uma coleção

Consulte Como Configurar Alertas para Endpoint Protection no Configuration Manager em Configurar o Endpoint Protection no System Center Configuration Manager

Configurar alertas de estado do cliente para uma coleção

Consulte Como configurar o estado do cliente no System Center Configuration Manager.

Gerir alertas do Gestor de configuração

Consulte a secção Tarefas de gestão para alertas deste tópico.

Configurar subscrições de e-mail para alertas

Consulte a secção Tarefas de gestão para alertas deste tópico.

Monitorizar alertas

Consulte a secção Monitorizar alertas

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Monitorização > Alertas, e, em seguida, selecione uma tarefa de gestão.

    Utilize a tabela seguinte para obter mais informações sobre as tarefas de gestão que podem necessitar de algumas informações antes de as selecionar.

    Tarefa de gestão

    Detalhes

    Configurar

    Abre a caixa de diálogo <nome do alerta> Propriedades, onde pode modificar o nome, a gravidade e os limiares do alerta selecionado. Se alterar a gravidade do alerta, esta configuração afeta a forma como os alertas são apresentados na consola do Gestor de configuração.

    Editar Comentário

    Introduza um comentário para os alertas selecionados. Estes comentários são apresentados com o alerta na consola do Gestor de configuração.

    Adiar

    Suspende a monitorização do alerta até que a data especificada seja atingida. Nessa altura, o estado do alerta é atualizado.

    Só é possível adiar um alerta quando o mesmo está ativado.

    Criar subscrição

    Abre a caixa de diálogo Nova Subscrição, onde pode criar uma subscrição de e-mail para o alerta selecionado.

  1. Na Consola do Configuration Manager, clique em Ativos e Compatibilidade > Coleções de Dispositivos.

  2. Na lista Coleções de Dispositivos, selecione a coleção para a qual pretende configurar alertas e, no separador Home Page, no grupo Propriedades, clique em Propriedades.

    System_CAPS_noteNota

    Não é possível configurar alertas de coleções de utilizadores.

  3. No separador Alertas da caixa de diálogo <Nome da Coleção> Propriedades, clique em Adicionar.

    System_CAPS_noteNota

    O separador Alertas só está visível se a função de segurança a que o utilizador está associado tiver permissões para alertas.

  4. Na caixa de diálogo Adicionar Novos Alertas da Coleção, escolha os alertas que pretende que sejam gerados quando os limites do estado do cliente são inferiores a um valor específico e, em seguida, clique em OK.

  5. Na lista Condições do separador Alertas, selecione cada um dos alertas do estado do cliente e especifique as informações seguintes.

    • Nome do Alerta – Aceite o nome predefinido ou introduza um novo nome para o alerta.

    • Gravidade do Alerta – Na lista pendente, escolha o nível de alerta que será apresentado na consola do Gestor de configuração.

    • Emitir alerta – Especifique a percentagem de limiar para o alerta.

  6. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo <Nome da Coleção> de Propriedades.

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Monitorização > Alertas > Subscrições.

  2. No separador Home Page, no grupo Criar, clique em Configurar Notificação por Correio Eletrónico.

  3. Na caixa de diálogo Propriedades do Componente de Notificação por E-mail, especifique as seguintes informações:

    • Permitir que os alertas sejam enviados por e-mail: selecione esta caixa de verificação para permitir ao Gestor de configuração a utilização de um servidor SMTP para enviar alertas por e-mail.

    • FQDN ou endereço IP do servidor SMTP para enviar alertas por e-mail: introduza o nome de domínio completamente qualificado (FQDN) ou o endereço IP e a porta SMTP do servidor de e-mail que pretende utilizar para estes alertas.

    • Conta de Ligação do Servidor SMTP: especifique o método de autenticação para utilização pelo Gestor de configuração para ligar ao servidor de e-mail.

    • Endereço do remetente para enviar alertas por e-mail: especifique o endereço de e-mail a partir da qual são enviados e-mails de alerta.

    • Testar Servidor SMTP: envia um e-mail de teste para o endereço de e-mail especificado em Endereço do remetente para enviar alertas por e-mail.

  4. Clique em OK para guardar as definições e fechar a caixa de diálogo Propriedades dos Componentes das Definições de E-mail.

  1. Na consola do Gestor de configuração, navegue até Monitorização > Alertas.

  2. Selecione um alerta e, em seguida, no separador Home Page, no grupo Subscrição, clique em Criar subscrição.

  3. Na caixa de diálogo Nova Subscrição, especifique as seguintes informações:

    • Nome: introduza um nome para identificar a subscrição de e-mail. Pode utilizar até 255 carateres.

    • Endereço de e-mail: introduza os endereços de e-mail para os quais pretende que o alerta seja enviado. Pode separar os vários endereços de e-mail com ponto e vírgula.

    • Idioma do e-mail: na lista, especifique o idioma do e-mail.

  4. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Nova Subscrição e para criar a subscrição de e-mail.

    System_CAPS_noteNota

    Pode eliminar e editar subscrições na área de trabalho Monitorização, expandindo o nó Alertas e, em seguida, clique no nó Subscrições.

Para ver alertas, utilize o nó Alertas da área de trabalho Monitorização. Os alertas têm um dos seguintes estados de alerta:

  • Nunca ativado: a condição do alerta não foi cumprida.

  • Ativo: a condição do alerta foi cumprida.

  • Cancelado: a condição de um alerta ativo já não é cumprida. Este estado indica que a condição que causou o alerta está agora resolvida.

  • Adiado: um utilizador administrativo configurou o Gestor de configuração para avaliar o estado do alerta posteriormente.

  • Desativado: o alerta foi desativado por um utilizador administrativo. Quando um alerta está neste estado, o Gestor de configuração não atualiza o alerta mesmo que o estado do alerta se altere.

Pode efetuar uma das seguintes ações quando o Gestor de configuração gera um alerta:

  • Resolver a condição que causou o alerta, por exemplo, resolver um problema de rede ou um problema de configuração que gerou o alerta. Depois de o Gestor de configuração detetar que o problema já não existe, o estado do alerta muda para Cancelar.

  • Se o alerta é um problema conhecido, pode adiar o alerta durante um período de tempo específico. Nessa altura, o Gestor de configuração atualiza o alerta para o estado atual.

    Apenas é possível adiar um alerta quando está ativo.

  • Pode editar o Comentário de um alerta para que outros utilizadores administrativos possam ver que tem conhecimento do alerta. Por exemplo, pode identificar no comentário a forma de resolver a condição, fornecer informações sobre o estado atual da condição ou explicar por que motivo adiou o alerta.

Mostrar: