Criar suportes de dados de arranque com o System Center Configuration Manager

 

Aplica-se a: System Center Configuration Manager (current branch)

O suporte de dados de arranque no Gestor de configuração contém a imagem de arranque, comandos de pré-início opcionais e ficheiros associados, bem como ficheiros do Gestor de configuração. Utilize suportes de dados pré-configurados para os seguintes cenários de implementação do sistema operativo:

Quando inicia o sistema com o suporte de dados de arranque, o computador de destino é iniciado, estabelece ligação à rede e obtém a sequência de tarefas, a imagem do sistema operativo e qualquer outro conteúdo necessário a partir dessa rede. Dado que a sequência de tarefas não está no suporte de dados, pode alterar a sequência de tarefas ou o conteúdo sem ter de recriar o suporte de dados. Os pacotes dos suportes de dados de arranque não estão encriptados. É necessário tomar as medidas de segurança apropriadas, como adicionar uma palavra-passe ao suporte de dados, para garantir que o conteúdo do pacote está protegido contra utilizadores não autorizados.

Antes de criar suportes de dados de arranque através do Assistente de Criação de Suporte de Dados da Sequência de Tarefas, certifique-se de que todas as condições seguintes são preenchidas:

Tarefa

Descrição

Imagem de arranque

Considere o seguinte sobre a imagem de arranque que irá utilizar na sequência de tarefas para implementar o sistema operativo:

  • A arquitetura da imagem de arranque tem de ser adequada à arquitetura do computador de destino. Por exemplo, um computador de destino x64 pode efetuar o arranque e a execução de uma imagem de arranque x86 ou x64. No entanto, um computador de destino x86 só pode efetuar o arranque e a execução de uma imagem de arranque x86.

  • Certifique-se de que a imagem de arranque contém os controladores de rede e de armazenamento de massa necessários para aprovisionar o computador de destino.

Criar uma sequência de tarefas para implementar um sistema operativo

Como parte do suporte de dados de arranque, tem de especificar a sequência de tarefas para implementar o sistema operativo. Para obter os passos para criar uma nova sequência de tarefas, consulte Criar uma sequência de tarefas para instalar um sistema operativo no System Center Configuration Manager.

Distribuir todo o conteúdo associado à sequência de tarefas

Tem de distribuir todo o conteúdo exigido pela sequência de tarefas por, pelo menos, um ponto de distribuição. Isto inclui a imagem de arranque e outros ficheiros de pré-início associados. O assistente recolhe as informações a partir do ponto de distribuição ao criar o suporte de dados de arranque. Tem de ter direitos de acesso de Leitura à biblioteca de conteúdos desse ponto de distribuição. Para mais detalhes, consulte o artigo Acerca da biblioteca de conteúdos.

Preparar a pen USB amovível

Para uma pen USB amovível:

Se planear utilizar uma pen USB amovível, a pen USB tem de estar ligada ao computador em que o assistente é executado e ser detetável pelo Windows como um dispositivo amovível. Quando cria o suporte de dados, o assistente escreve diretamente na pen USB. O suporte de dados autónomo utiliza um sistema de ficheiros FAT32. Não é possível criar um suporte de dados autónomo numa pen USB cujo conteúdo inclua um ficheiro com tamanho superior a 4 GB.

Criar uma pasta de saída

Para um conjunto de CD/DVD:

Antes de executar o Assistente de Criação de Suporte de Dados da Sequência de Tarefas para criar suportes de dados para um conjunto de CDs ou DVDs, tem de criar uma pasta para os ficheiros de saída criados pelo assistente. O suporte de dados criado para um conjunto de CDs ou DVDs é escrito em formato de ficheiros .iso diretamente na pasta.

Utilize o procedimento seguinte para criar suportes de dados de arranque.

  1. Na consola do Gestor de configuração, clique em Biblioteca de Software.

  2. Na área de trabalho Biblioteca de Software, expanda Sistemas Operativos e clique em Sequências de Tarefas.

  3. No separador Home Page, no grupo Criar, clique em Criar Suportes de Dados da Sequência de Tarefas para iniciar o Assistente de Criação de Suporte de Dados da Sequência de Tarefas.

  4. Na página Selecione o Tipo de Suporte de Dados, especifique as opções seguintes e clique em Seguinte.

    • Selecione Suporte de dados de arranque.

    • Opcionalmente, se só pretender permitir a implementação do sistema operativo sem exigir a intervenção do utilizador, selecione Permitir a implementação do sistema operativo autónoma.

      System_CAPS_importantImportante

      Ao selecionar esta opção, não serão solicitadas ao utilizador informações para a configuração de rede nem para sequências de tarefas opcionais. No entanto, continua a ser solicitada uma palavra-passe ao utilizador se o suporte de dados estiver configurado com proteção por palavra-passe.

  5. Na página Gestão de Suporte de Dados, especifique uma das seguintes opções e clique em Seguinte.

    • Selecione Suporte de dados dinâmico se pretender permitir que um ponto de gestão redirecione o suporte de dados para outro ponto de gestão, com base na localização do cliente nos limites do site.

    • Selecione Suporte de dados baseado no site se pretender que o suporte de dados entre em contacto apenas com o ponto de gestão especificado.

  6. Na página Tipo de Suporte de Dados, especifique se o suporte de dados é uma pen USB ou um conjunto de CD/DVD e, em seguida, clique para configurar o seguinte:

    System_CAPS_importantImportante

    O suporte de dados autónomo utiliza um sistema de ficheiros FAT32. Não é possível criar um suporte de dados autónomo numa pen USB cujo conteúdo inclua um ficheiro com tamanho superior a 4 GB.

    • Se selecionar Pen USB, especifique a unidade onde pretende armazenar o conteúdo.

    • Se selecionar Conjunto CD/DVD, especifique a capacidade do suporte de dados e o nome e caminho dos ficheiros de saída. O assistente escreve os ficheiros de saída nesta localização. Por exemplo: \\servername\folder\outputfile.iso

      Se a capacidade do suporte de dados for demasiado pequena para armazenar todo o conteúdo, serão criados vários ficheiros e tem de armazenar o conteúdo em vários CDs ou DVDs. Se forem necessários vários suportes de dados, o Gestor de configuração adiciona um número sequencial ao nome de cada ficheiro de saída criado. Além disso, se implementar uma aplicação juntamente com o sistema operativo e a aplicação não couber num único suporte de dados, o Gestor de configuração armazenará a aplicação em vários suportes de dados. Quando o suporte de dados autónomo for executado, o Gestor de configuração solicitará ao utilizador o suporte de dados seguinte em que a aplicação se encontra armazenada.

      System_CAPS_importantImportante

      Se selecionar uma imagem .iso existente, o Assistente de Criação de Suporte de Dados da Sequência de Tarefas elimina essa imagem da unidade ou partilha logo que avança para a página seguinte do assistente. A imagem existente será eliminada, mesmo que em seguida cancele o assistente.

    Clique em Seguinte.

  7. Na página Segurança, especifique as seguintes opções e clique em Seguinte.

    • Selecione a caixa de verificação Ativar suporte para computadores desconhecidos para permitir que o suporte de dados implemente um sistema operativo num computador que não seja gerido pelo Gestor de configuração. Não existe nenhum registo destes computadores na base de dados do Gestor de configuração.

      Os computadores desconhecidos incluem o seguinte:

      • Um computador em que o cliente do Gestor de configuração não se encontra instalado

      • Um computador que não é importado para o Gestor de configuração

      • Um computador que não é detetado pelo Gestor de configuração

    • Selecione a caixa de verificação Proteger suporte de dados com uma palavra-passe e introduza uma palavra-passe segura para ajudar a proteger o suporte de dados contra acesso não autorizado. Quando especificar uma palavra-passe, o utilizador terá de fornecer essa palavra-passe para utilizar o suporte de dados de arranque.

      System_CAPS_importantImportante

      Como procedimento de segurança recomendado, atribua sempre uma palavra-passe para ajudar a proteger o suporte de dados de arranque.

    • Para comunicações HTTP, selecione Criar um certificado de suporte de dados autoassinado e especifique as datas de início e de expiração do certificado.

    • Para comunicações HTTPS, selecione Importar certificado PKI e especifique o certificado a importar e a respetiva palavra-passe.

      Para obter mais informações sobre este certificado de cliente utilizado para imagens de arranque, consulte Requisitos de certificado PKI para o System Center Configuration Manager (Requisitos do Certificado PKI para o Configuration Manager).

    • Afinidade Dispositivo/Utilizador: para suportar a gestão centrada no utilizador do Gestor de configuração, especifique de que modo pretende que o suporte de dados associe os utilizadores ao computador de destino. Para obter mais informações sobre como a implementação dos sistemas operativos suporta a afinidade dispositivo/utilizador, consulte Associar utilizadores a um computador de destino no System Center Configuration Manager (Associar Utilizadores a um Computador de Destino).

      • Especifique Permitir afinidade dispositivo/utilizador com aprovação automática se pretender que o suporte de dados associe automaticamente utilizadores ao computador de destino. Esta funcionalidade baseia-se nas ações da sequência de tarefas que implementa o sistema operativo. Neste cenário, a sequência de tarefas cria uma relação entre os utilizadores especificados e o computador de destino quando implementa o sistema operativo no computador de destino.

      • Especifique Permitir afinidade dispositivo/utilizador com aprovação pendente pelo administrador se pretender que o suporte de dados associe utilizadores ao computador de destino após concessão da aprovação. Esta funcionalidade baseia-se no âmbito da sequência de tarefas que implementa o sistema operativo. Neste cenário, a sequência de tarefas cria uma relação entre os utilizadores especificados e o computador de destino, mas aguarda a aprovação de um utilizador administrativo antes da implementação do sistema operativo.

      • Especifique Não permitir afinidade dispositivo/utilizador se não pretender que o suporte de dados associe utilizadores ao computador de destino. Neste cenário, a sequência de tarefas não associa utilizadores ao computador de destino durante a implementação do sistema operativo.

  8. Na página Imagem de arranque, especifique as seguintes opções e clique em Seguinte.

    System_CAPS_importantImportante

    A arquitetura da imagem de arranque que é distribuída deve ser adaptada à arquitetura do computador de destino. Por exemplo, um computador de destino x64 pode efetuar o arranque e a execução de uma imagem de arranque x86 ou x64. No entanto, um computador de destino x86 só pode efetuar o arranque e a execução de uma imagem de arranque x86.

    • Na caixa Imagem de arranque, especifique a imagem de arranque que inicia o computador de destino.

    • Na caixa Ponto de distribuição, especifique o ponto de distribuição onde reside a imagem de arranque. O assistente obtém a imagem de arranque do ponto de distribuição e escreve-a no suporte de dados.

      System_CAPS_noteNota

      Tem de ter direitos de acesso de Leitura à biblioteca de conteúdos no ponto de distribuição.

    • Se criar suportes de dados de arranque baseados no site na página Gestão de Suporte de Dados do assistente, especifique um ponto de gestão de um site primário na caixa Ponto de gestão.

    • Se criar suportes de dados de arranque dinâmicos na página Gestão de Suporte de Dados do assistente, especifique os pontos de gestão do site primário a utilizar e uma ordem de prioridade para as comunicações iniciais em Pontos de gestão associados.

  9. Na página Personalização, especifique as seguintes opções e clique em Seguinte.

    • Especifique as variáveis utilizadas pela sequência de tarefas para implementar o sistema operativo.

    • Especifique os comandos de pré-início que pretende executar antes da execução da sequência de tarefas. Os comandos de pré-início são um script ou um ficheiro executável que pode interagir com o utilizador no Windows PE antes da execução da sequência de tarefas para instalar o sistema operativo. Para mais informações, consulte Comandos de pré-início para suporte de dados da sequência de tarefas no System Center Configuration Manager.

      System_CAPS_tipSugestão

      Durante a criação do suporte de dados da sequência de tarefas, a sequência de tarefas escreve o ID do pacote e a linha de comando de pré-início, incluindo o valor das eventuais variáveis da sequência de tarefas, para o ficheiro de registo CreateTSMedia.log no computador com a consola do Gestor de configuração. Poderá consultar este ficheiro de registo para verificar o valor das variáveis da sequência de tarefas.

      Opcionalmente, selecione a caixa de verificação Incluir ficheiros para o comando de pré-início para incluir os ficheiros eventualmente necessários para o comando de pré-início.

  10. Conclua o assistente.

Mostrar: