Variáveis incorporadas de sequência de tarefas no System Center Configuration Manager

 

Aplica-se A: System Center Configuration Manager (current branch)

Este artigo contém informações sobre uma nova funcionalidade introduzida na versão 1602 de O System Center Configuration Manager (current branch). Para utilizar a nova funcionalidade, terá de instalar a atualização 1602. Se não tiver atualizado para a versão mais recente do Gestor de configuração, pode transferir a documentação da versão utilizada na Galeria do TechNet.

As variáveis incorporadas de sequência de tarefas são fornecidas pelo O System Center Configuration Manager. As variáveis incorporadas fornecem informações sobre o ambiente onde a sequência de tarefas é executada e os seus valores encontram-se disponíveis ao longo de toda a sequência de tarefas. Normalmente, as variáveis incorporadas são inicializadas antes de os passos serem executados na sequência de tarefas. Por exemplo, a variável incorporada _SMSTSLogPath é uma variável de ambiente que especifica o caminho que os componentes do Gestor de configuração utilizam para escrever ficheiros de registo enquanto a sequência de tarefas é executada. Qualquer passo de sequência de tarefas pode aceder a esta variável de ambiente. No entanto, algumas variáveis, como a _SMSTSCurrentActionName, são avaliadas antes de cada passo. Os valores das variáveis incorporadas são, geralmente, só de leitura. Os valores são só de leitura para variáveis incorporadas com um nome que comece com um caráter de sublinhado.

A lista seguinte descreve as variáveis incorporadas que se encontram disponíveis no Gestor de configuração:

Nome da Variável IncorporadaDescrição
_OSDDetectedWinDirA partir do Gestor de configuração versão 1602, a sequência de tarefas analisa as unidades de disco rígido do computador de uma instalação anterior do sistema operativo quando o Windows PE é iniciado. A localização da pasta do Windows é armazenada nesta variável. Pode configurar a sequência de tarefas para obter este valor a partir do ambiente e utilizá-la para especificar a localização da pasta Windows utilizada para a nova instalação do sistema operativo.
_OSDDetectedWinDriveA partir do Gestor de configuração versão 1602, a sequência de tarefas analisa as unidades de disco rígido do computador de uma instalação anterior do sistema operativo quando o Windows PE é iniciado. A localização do disco rígido onde o sistema operativo é instalado é armazenada nesta variável. Pode configurar a sequência de tarefas para obter este valor a partir do ambiente e utilizá-la para especificar a localização do disco rígido utilizada para o novo sistema operativo.
_SMSTSAdvertIDArmazena o ID exclusivo de implementação da sequência de tarefas atualmente em execução. Utiliza o mesmo formato que um ID de implementação de distribuição de software do Gestor de configuração. Se a sequência de tarefas for executada a partir de um suporte de dados autónomo, esta variável é indefinida.

Exemplo:

 ABC20001
_TSAppInstallStatusa sequência de tarefas define a variável _TSAppInstallStatus com o estado de instalação da aplicação durante o passo Instalar Aplicação da sequência de tarefas. A sequência de tarefas define a variável com um dos seguintes valores:

1. Indefinido: definido quando o passo Instalar Aplicação da sequência de tarefas não tiver sido executado.
2. Erro: definido quando falhar pelo menos uma aplicação devido a um erro durante o passo Instalar Aplicação da sequência de tarefas.
3. Aviso: definido quando não ocorrerem erros durante o passo Instalar Aplicação da sequência de tarefas, mas uma ou mais aplicações ou uma dependência necessária não tiverem sido instaladas devido ao facto de não ter sido satisfeito um requisito.
4. Bem-sucedido: definido quando não são detetados erros ou avisos durante o passo Instalar Aplicação da sequência de tarefas.
_SMSTSBootImageIDArmazena o ID do pacote de imagem de arranque do Gestor de configuração, caso um pacote de imagem de arranque esteja associado à sequência de tarefas em execução atual. A variável não será definida se não estiver associado um pacote de imagem de arranque do Gestor de configuração.

Exemplo:

 ABC00001
_SMSTSBootUEFIA sequência de tarefas define a variável SMSTSBootUEFI sempre que deteta um computador que esteja no modo UEFI.
_SMSTSClientGUIDArmazena o valor do GUID do cliente do Gestor de configuração. Esta variável não é definida se a sequência de tarefas for executada a partir de um suporte de dados autónomo.

Exemplo:

 0a1a9a4b-fc56-44f6-b7cd-c3f8ee37c04c
_SMSTSCurrentActionNameEspecifica o nome do passo da sequência de tarefas em execução atual. Esta variável é definida antes de o gestor da sequência de tarefas executar cada passo individual.

Exemplo:

 executar linha de comandos
_SMSTSDownloadOnDemandDefinir como verdadeiro se a sequência de tarefas atual for executada no modo de transferência a pedido, o que significa que o gestor da sequência de tarefas transfere o conteúdo apenas localmente quando precisa de aceder ao conteúdo.
_SMSTSInWinPEEsta variável é definida como verdadeiro quando o passo de sequência de tarefas atual estiver a ser executado no ambiente Windows PE e é definida como falso se não estiver. Pode testar esta variável de sequência de tarefas para determinar o ambiente do sistema operativo atual.
_SMSTSLastActionRetCodeArmazena o código de retorno devolvido pela última ação executada. Esta variável pode ser utilizada como uma condição para determinar se o próximo passo é executado.

Exemplo:

 0
_SMSTSLastActionSucceededA variável é definida como verdadeiro se a última ação tiver sido executada com êxito e como falso se a última ação falhou. Se a última ação tiver sido ignorada porque o passo estava desativado ou a condição associada estava avaliada como falso, esta variável não é reposta, o que significa que ainda retém o valor da ação anterior.
_SMSTSLaunchModeEspecifica o método de início da sequência de tarefas. A sequência de tarefas pode ter os seguintes valores:

- SMS - especifica que a sequência de tarefas é iniciada através do cliente Gestor de configuração.
- Pen USB - especifica que a sequência de tarefas é iniciada através de um suporte de dados USB e que o suporte de dados USB foi criado no Windows XP/2003.
- Pen USB+FORMATO - especifica que a sequência de tarefas é iniciada através de um suporte de dados USB e que o suporte de dados USB foi criado no Windows Vista ou posterior.
- CD - especifica que a sequência de tarefas é iniciada através de um CD.
- DVD - especifica que a sequência de tarefas é iniciada através de um DVD.
- PXE - especifica que a sequência de tarefas é iniciada a partir de PXE.
- HD – especifica que a sequência de tarefas foi iniciada a partir de um disco rígido (apenas suporte de dados pré-configurado).
_SMSTSLogPathArmazena o caminho completo do diretório de registo. Este pode ser utilizado para determinar o local onde as ações são registadas. Este valor não é definido quando o disco rígido não se encontra disponível.
_SMSTSMachineNameArmazena e especifica o nome do computador. Armazena o nome do computador que a sequência de tarefas irá utilizar para registar todas as mensagens de estado. Para alterar o nome do computador no novo sistema operativo, utilize a variável OSDComputerName.

Exemplo:

 ABC
_SMSTSMDataPathEspecifica o caminho definido pela variável SMSTSLocalDataDrive. Ao definir SMSTSLocalDataDrive antes de a sequência de tarefas ser iniciada, como, por exemplo, definindo uma variável de coleção, o Gestor de configuração define a variável _SMSTSMDataPath assim que a sequência de tarefas for iniciada.
_SMSTSMediaTypeEspecifica o tipo de suporte de dados utilizado para iniciar a instalação. Exemplos de tipos de suportes de dados: Suporte de Dados de Arranque, Suporte de Dados Completo, PXE e Suporte de Dados Pré-configurado.
_SMSTSMPArmazena o nome ou o endereço IP de um ponto de gestão do Gestor de configuração.
_SMSTSMPPortArmazena o número de porta do ponto de gestão de um ponto de gestão do Gestor de configuração.

Exemplo:

 80
_SMSTSOrgNameArmazena o nome do título da imagem corporativa apresentado numa caixa de diálogo da interface de utilizador de progresso da sequência de tarefas.

Exemplo:

 Organização XYZ
_SMSTSOSUpgradeActionReturnCodeArmazena o valor de código de saída devolvido do programa de configuração para indicar êxito ou falha. Esta variável é definida durante os passos da sequência de tarefas Atualização do Sistema Operativo. Isto é útil com a opção da linha de comandos /Compat do programa de configuração do Windows 10.

Exemplo:

Na conclusão de /Compat, pode executar ações nos passos subsequentes, consoante o código de saída de falha ou êxito. Com o código de saída de êxito, é possível iniciar a atualização. Em alternativa, pode definir um marcador no ambiente (por exemplo, adicionar um ficheiro ou definir uma chave de registo) que pode ser utilizado para criar uma coleção de computadores que estão prontos para atualização ou que requerem uma ação antes se serem atualizados.
_SMSTSPackageIDArmazena o ID da sequência de tarefas atualmente em execução. Este ID utiliza o mesmo formato que um ID de pacote de software do Gestor de configuração.

Exemplo:

 HJT00001
_SMSTSPackageNameArmazena o nome da sequência de tarefas atualmente em execução, especificado pelo administrador do Gestor de configuração quando a sequência de tarefas é criada.

Exemplo:

 Implementar a sequência de tarefas do Windows 10
_SMSTSSetupRollbackEspecifica se o programa de configuração do sistema operativo efetuou uma operação de reversão. Os valores das variáveis podem ser verdadeiro ou falso.
_SMSTSRunFromDPDefinir como verdadeiro se a sequência de tarefas atual for executada no modo de execução a partir do ponto de distribuição, o que significa que o gestor da sequência de tarefas obtém partilhas de pacotes do ponto de distribuição.
_SMSTSSiteCodeArmazena o código do site do Gestor de configuração.

Exemplo:

 ABC
_SMSTSTypeEspecifica o tipo da sequência de tarefas atualmente em execução. Pode ter os seguintes valores:

 1 - indica uma sequência de tarefas genérica.

 2 - indica uma sequência de tarefas de implementação do sistema operativo.
_SMSTSTimezoneA variável _SMSTSTimezone armazena as informações de fuso horário no seguinte formato (sem espaços):

Bias, StandardBias, DaylightBias, StandardDate.wYear, wMonth, wDayOfWeek, wDay, wHour, wMinute, wSecond, wMilliseconds, DaylightDate.wYear, wMonth, wDayOfWeek, wDay, wHour, wMinute, wSecond, wMilliseconds, StandardName, DaylightName

Exemplo:

Para a Hora do Leste E.U.A. e Canadá, o valor seria 300,0,-60,0,11,0,1,2,0,0,0,0,3,0,2,2,0,0,0,Hora Padrão do Leste,Hora de Verão do Leste
_SMSTSUseCRLEspecifica se a sequência de tarefas utiliza a lista de revogação de certificados quando utiliza um certificado SSL (Secure Socket Layer) para comunicar com o ponto de gestão.
_SMSTSUserStartedEspecifica se uma sequência de tarefas é iniciada por um utilizador. Esta variável é definida apenas se a sequência de tarefas for iniciada a partir do Centro de Software. Por exemplo, se _SMSTSLaunchMode estiver definido como SMS. A variável pode ter os seguintes valores:

- verdadeiro - especifica que a sequência de tarefas é iniciada manualmente por um utilizador a partir do Centro de Software.
- falso - especifica que a sequência de tarefas é iniciada automaticamente pelo agendador do Gestor de configuração.
_SMSTSUseSSLEspecifica se a sequência de tarefas utiliza SSL para comunicar com o ponto de gestão do Gestor de configuração. Se o seu site for executado no modo nativo, o valor é definido como verdadeiro.
_SMSTSWTGEspecifica se o computador está a ser executado como um dispositivo Windows To Go.
OSDPreserveDriveLetterA partir do Gestor de configuração versão 1606, esta variável de sequência de tarefas foi preterida. Durante uma implementação do sistema operativo, por predefinição, a Configuração do Windows determina a melhor letra de unidade a utilizar (normalmente C:).

Em versões anteriores, a variável OSDPreverveDriveLetter determina se a sequência de tarefas utiliza ou não a letra de unidade capturada no ficheiro WIM de imagem do sistema operativo ao aplicar essa imagem a um computador de destino. Pode definir o valor desta variável como Falso para utilizar a localização que especificou para a definição Destino do passo Aplicar Sistema Operativo da sequência de tarefas. Para obter mais informações, veja Aplicar Imagem do Sistema Operativo.
SMSTSAssignmentsDownloadIntervalUtilize esta variável para especificar o número de segundos a aguardar antes de o cliente tentar transferir a política desde a última tentativa (que não tenha devolvido políticas). Por predefinição, o cliente irá aguardar 0 segundos antes de tentar novamente.

Pode definir esta variável utilizando um comando de pré-início do suporte de dados ou do PXE.
SMSTSAssignmentsDownloadRetryUtilize esta variável para especificar o número de vezes que o cliente irá tentar transferir a política caso não sejam encontradas políticas durante a primeira tentativa. Por predefinição, o cliente irá repetir 0 vezes.

Pode definir esta variável utilizando um comando de pré-início do suporte de dados ou do PXE.
SMSTSAssignUsersModeEspecifica como uma sequência de tarefas associa os utilizadores ao computador de destino. Defina a variável como um dos seguintes valores.

- Automático: a sequência de tarefas cria uma relação entre os utilizadores especificados e o computador de destino quando implementa o sistema operativo no computador de destino.
- Pendente: a sequência de tarefas cria uma relação entre os utilizadores especificados e o computador de destino, mas aguarda a aprovação de um utilizador administrativo antes de a relação ser definida.
- Desativado: a sequência de tarefas não associa utilizadores ao computador de destino quando implementa o sistema operativo.
SMSTSDownloadProgramUtilize esta variável para especificar um Fornecedor Alternativo de Conteúdos, um programa de transferência que é utilizado para transferir conteúdos em substituição do programa de transferência predefinido do Gestor de configuração, para a sequência de tarefas. No âmbito do processo de transferência de conteúdos, a sequência de tarefas analisa a variável para identificar um programa de transferência especificado. Se for especificada, a sequência de tarefas executará o programa para efetuar a transferência.
SMSTSDownloadRetryCountutilize esta variável para especificar o número de vezes que o Gestor de configuração tenta transferir conteúdo a partir de um ponto de distribuição. Por predefinição, o cliente irá repetir 2 vezes.
SMSTSDownloadRetryDelayutilize esta variável para especificar o número de segundos que o Gestor de configuração aguarda antes de tentar transferir novamente conteúdo a partir de um ponto de distribuição. Por predefinição, o cliente irá aguardar 15 segundos antes de tentar novamente.
SMSTSErrorDialogTimeoutQuando ocorre um erro numa sequência de tarefas, é apresentada uma caixa de diálogo que é automaticamente dispensada após um número de segundos especificado por esta variável. Por predefinição, a caixa de diálogo é automaticamente dispensada após 900 segundos (15 minutos).
TSErrorOnWarningUtilize esta variável para especificar se o motor da sequência de tarefas considera um aviso detetado como um erro durante o passo de sequência de tarefas de Instalação da Aplicação. A sequência de tarefas define a variável _TSAppInstallStatus como Aviso quando uma ou mais aplicações, ou uma dependência necessária, não foi instalada porque não foi cumprido um requisito. Ao definir a variável TSErrorOnWarning como Verdadeiro e a variável _TSAppInstallStatus está definida como Aviso, esta é tratada como um erro. Um valor de Falso corresponde ao comportamento predefinido.
SMSTSLanguageFolderUtilize esta variável para alterar o idioma de apresentação de uma imagem de arranque de idioma neutro.
SMSTSLocalDataDriveEspecifica onde os ficheiros temporários são armazenados no computador de destino enquanto a sequência de tarefas é executada.

Esta variável tem de ser definida antes de a sequência de tarefas ser iniciada, como, por exemplo, definindo uma variável de coleção. Assim que a sequência de tarefas for iniciada, o Gestor de configuração define a variável _SMSTSMDataPath.
SMSTSMPListRequestTimeoutUtilize esta variável para especificar quantos milissegundos uma sequência de tarefas aguarda antes de tentar instalar novamente uma aplicação depois de não ter conseguido obter a lista de pontos de gestão a partir dos serviços de localização. Por predefinição, a sequência de tarefas aguarda 60 000 milissegundos (60 segundos) antes de repetir o passo e repete até três vezes. Esta variável é apenas aplicável aos passos de sequência de tarefas Instalar Aplicação e Instalar Atualizações de Software.
SMSTSMPListRequestTimeoutEnabledUtilize esta variável para permitir que os pedidos de MPList repetidos atualizem o cliente se este não estiver na Intranet.
Por predefinição, esta variável está definida como Verdadeiro. Quando os clientes se encontram na internet, pode definir esta variável como Falso para evitar atrasos desnecessários. Esta variável é apenas aplicável aos passos de sequência de tarefas Instalar Aplicação e Instalar Atualizações de Software.
SMSTSPeerDownloadUtilize esta variável para permitir ao cliente utilizar a Cache Ponto a Ponto do Windows PE.

Exemplo:

SMSTSPeerDownload = VERDADEIRO permite esta funcionalidade.
SMSTSPeerRequestPortUtilize esta variável para a cache ponto a ponto do Windows PE para especificar uma porta de rede personalizada a utilizar para a difusão inicial quando não utilizar as portas predefinidas configuradas nas Definições do Cliente (8003 e 8004).
SMSTSPersistContentUtilize esta variável para manter temporariamente o conteúdo na cache da sequência de tarefas.
SMSTSPostActionEspecifica um comando que é executado após a conclusão da sequência de tarefas. Por exemplo, pode utilizar esta variável para especificar um script que ativa filtros de escrita em dispositivos incorporados após a sequência de tarefas implementar um sistema operativo no dispositivo.
SMSTSPreferredAdvertIDForça uma implementação direcionada específica no computador de destino a ser executado. Esta pode ser definida através de um comando de pré-início a partir de um suporte de dados ou PXE. Se esta variável for definida, a sequência de tarefas substitui quaisquer implementações necessárias.
SMSTSPreserveContentEsta variável sinaliza o conteúdo na sequência de tarefas a ser mantido na cache do cliente do Gestor de configuração depois da implementação. Isto é diferente de utilizar SMSTSPersistContent, que apenas preserva o conteúdo durante a duração da sequência de tarefas e utiliza a cache da sequência de tarefas e não a cache do cliente do Gestor de configuração.

Exemplo:

SMSTSPreserveContent = VERDADEIRO permite esta funcionalidade.
SMSTSRebootDelayEspecifica quantos segundos deve aguardar até que o computador seja reiniciado. O gestor da sequência de tarefas irá apresentar um diálogo de notificação antes de reiniciar, caso esta variável não esteja definida como 0.

Exemplos:

 0

 30
SMSTSRebootMessageEspecifica a mensagem a apresentar na caixa de diálogo de encerramento quando é pedido um reinício. Se esta variável não for definida, será apresentada uma mensagem predefinida.

Exemplo:

 Este computador está a ser reiniciado pelo gestor de sequência de tarefas.
SMSTSRebootRequestedIndica que é pedido um reinício após a conclusão do passo de sequência de tarefas atual. Se for necessário reiniciar, basta definir esta variável como verdadeiro e o gestor da sequência de tarefas irá reiniciar o computador após este passo da sequência de tarefas. O passo da sequência de tarefas tem de definir esta variável de sequência de tarefas, caso precise do reinício para concluir o passo da sequência de tarefas. Após o reinício do computador, a sequência de tarefas irá continuar a ser executada a partir do passo seguinte da sequência de tarefas.
SMSTSRetryRequestedPede uma repetição após a conclusão do passo de sequência de tarefas atual. Se esta variável de sequência de tarefas estiver definida, a variável SMSTSRebootRequested também tem de estar definida como verdadeiro. Após o reinício do computador, o gestor da sequência de tarefas irá executar novamente o mesmo passo da sequência de tarefas.
SMSTSSoftwareUpdateScanTimeoutDá-lhe a capacidade de controlar o tempo limite para a análise de atualizações de software durante o passo Instalar Atualizações de Software da sequência de tarefas. Por exemplo, poderá aumentar o valor predefinido se tiver muitas atualizações de software para instalar. O valor predefinido é 30 minutos.
SMSTSUDAUsersEspecifica o utilizador primário do computador de destino. Especifique os utilizadores, utilizando o seguinte formato. Separe múltiplos utilizadores com uma vírgula (,).

Exemplo:

 domínio\utilizador1, domínio\utilizador2, domínio\utilizador3

Para obter mais informações sobre como a associação de utilizadores ao computador de destino, veja Associar utilizadores a um computador de destino no System Center Configuration Manager.
SMSTSWaitForSecondRebootA partir do Gestor de configuração versão 1602, esta variável de sequência de tarefas opcional está disponível para ajudar a controlar o comportamento do cliente quando uma instalação de atualização de software exige dois reinícios. Esta variável tem de ser definida antes do passo Instalar Atualizações de Software para impedir que uma sequência de tarefas falhe devido a um segundo reinício da instalação da atualização de software.

Defina o valor de SMSTSWaitForSecondReboot em segundos para especificar durante quanto tempo a sequência de tarefas é interrompida durante o passo Instalar Atualizações de Software quando o computador é reiniciado para permitir tempo suficiente no caso de uma segunda reinicialização.
Por exemplo, se definir SMSTSWaitForSecondReboot para 600, a sequência de tarefas é interrompida durante 10 minutos após um reinício antes da execução dos passos da sequência de tarefa adicional. Isto é útil quando centenas de atualizações de software estão instaladas num único passo de sequência de tarefas Instalar Atualizações de Software.

Variáveis de sequência de tarefas no System Center Configuration Manager

Mostrar: