Aviso de Segurança da Microsoft 955179

Vulnerabilidade no Controlo ActiveX para o Snapshot Viewer para Microsoft Access poderia permitir Execução Remota de Código

Data de publicação: 7 de julho de 2008

A Microsoft está a investigar ataques activos, com alvos específicos, que tiram partido de uma potencial vulnerabilidade no controlo ActiveX para o Snapshot Viewer para Microsoft Access. Um intruso poderia explorar a vulnerabilidade criando uma página web especialmente concebida para o efeito. Quando um utilizador visualizasse a página Web, a vulnerabilidade poderia permitir a execução remota de código. Um intruso que conseguisse explorar esta vulnerabilidade com êxito poderia obter os mesmos privilégios que o utilizador com sessão iniciada.

O controlo ActiveX para o Snapshot Viewer para Microsoft Access permite-lhe visualizar um instantâneo de relatório Access sem ter as versões standard ou run-time do Microsoft Office Access. A vulnerabilidade só afecta o controlo ActiveX para o Snapshot Viewer para Microsoft Office Access 2000, Microsoft Office Access 2002 e Microsoft Office Access 2003.

O controlo ActiveX é fornecido com todas as versões suportadas do Microsoft Office Access, excepto para Microsoft Office Access 2007. O controlo ActiveX também é fornecido com o Snapshot Viewer independente.

Factores atenuantes

  • No cenário de um ataque baseado na Web, um intruso poderia alojar um Web site contendo uma página Web que fosse utilizada para explorar esta vulnerabilidade. Além disso, os Web sites afectados e os Web sites que aceitam ou alojam conteúdos fornecidos por utilizadores poderiam conter conteúdos especialmente concebidos que poderiam explorar esta vulnerabilidade. Um intruso teria de convencer os utilizadores a visitar o Web site, levando-os normalmente a clicar numa hiperligação presente numa mensagem de correio electrónico, ou numa mensagem de um programa de mensagens instantâneas, que levasse o utilizador para o Web site do intruso.
  • Um intruso que explorasse com sucesso esta vulnerabilidade poderia obter os mesmos privilégios que o utilizador local. Os utilizadores cujas contas estão configuradas com menos direitos de utilização no sistema podem correr menos riscos do que os utilizadores que trabalham com direitos de utilização de administrador.
  • Por predefinição, o Internet Explorer no Windows Server 2003 e no Windows Server 2008 é executado no modo restrito, conhecido como a Configuração de Segurança Avançada. Este modo define o nível de segurança para a zona da Internet como Elevado. Este é um factor atenuante para Web sites que não adicionou à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer.

Informações Gerais

Objectivo do Aviso: Notificação sobre ataques activos a alvos específicos que afectam o controlo ActiveX para o Snapshot Viewer para Microsoft Office Access 2000, Microsoft Office Access 2002 e Microsoft Office Access 2003.

Estado do Aviso: Aviso publicado

Recomendação: Verifique e configure as acções sugeridas adequadas.

ReferênciasIdentificação
Referência CERT VU#837785
Referência CVE CVE-2008-2463

Este aviso abrange o seguinte software.

Software Relacionado
Snapshot Viewer para Microsoft Access
Microsoft Office Access 2000
Microsoft Office Access 2002
Microsoft Office Access 2003

Qual é a abrangência deste aviso?
A Microsoft teve conhecimento de um novo relatório de vulnerabilidade que afecta o controlo ActiveX para o Snapshot Viewer para Microsoft Access. Isto afecta o software listado na secção “Visão Geral”.

Esta é uma vulnerabilidade de segurança que requer que a Microsoft publique uma actualização de segurança?
A Microsoft executará as acções necessárias para proteger os seus clientes. Estas poderão incluir o fornecimento de uma actualização de segurança através do processo de publicação mensal, uma actualização fora do ciclo regular ou orientações adicionais para ajudar os clientes a protegerem-se.

O que provoca esta ameaça?
Esta ameaça é causada por uma vulnerabilidade no controlo ActiveX para o Snapshot Viewer. Um Web site especialmente concebido para explorar o controlo ActiveX através do Internet Explorer poderia permitir a execução remota de código. Isso também pode incluir Web sites corrompidos ou Web sites que aceitam ou alojam conteúdos ou anúncios fornecidos pelo utilizador. Estes Web sites podem conter conteúdos especialmente concebidos para o efeito, que poderiam explorar esta vulnerabilidade. Contudo, em qualquer dos casos, o intruso não teria forma de forçar os utilizadores a visitar estes Web sites. Em vez disso, o intruso teria de persuadir os utilizadores a visitar o Web site, levando-os normalmente a clicar numa hiperligação numa mensagem de correio electrónico, ou num pedido de mensagem instantânea que leva o utilizador para o Web site do intruso. Também poderia ser possível exibir conteúdos Web nocivos concebidos especialmente para o efeito, usando espaços de publicidade como banners, ou usando outros métodos para entregar conteúdos Web a sistemas afectados.

O que é o Snapshot Viewer para Microsoft Access?
O Snapshot Viewer permite-lhe visualizar um instantâneo de relatório Access sem ter as versões standard ou run-time do Microsoft Office Access.

O que é um kill bit?
Existe uma funcionalidade de segurança no Microsoft Internet Explorer que permite impedir de forma permanente que um controlo ActiveX seja carregado pelo motor de processamento de HTML do Internet Explorer. Isso é feito através duma definição de registo e é denominado como definição do kill bit. Depois de o kill bit ser definido, o controlo deixa de poder ser carregado, mesmo estando completamente instalado. A definição do kill bit garante que um componente vulnerável permanece inerte ou inofensivo, mesmo que seja introduzido ou reintroduzido num sistema.

Para mais informações sobre um kill bit, consulte o Artigo 240797 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft: Como impedir que um controlo ActiveX seja executado no Internet Explorer.

Se não tiver o controlo instalado, devo definir o kill bit?
Sim. Definir o kill bit impedirá que o controlo vulnerável seja executado no Internet Explorer.

Como é que sei se o controlo está instalado?
Uma ou mais das seguintes chaves de registo estarão definidas para:

HKEY_CLASSES_ROOT\CLSID\{F0E42D50-368C-11D0-AD81-00A0C90DC8D9}

HKEY_CLASSES_ROOT\CLSID\{F0E42D60-368C-11D0-AD81-00A0C90DC8D9}

HKEY_CLASSES_ROOT\CLSID\{F2175210-368C-11D0-AD81-00A0C90DC8D9}

Soluções alternativas

A Microsoft testou as seguintes soluções alternativas. Embora estas soluções alternativas não corrijam a vulnerabilidade subjacente, elas ajudam a bloquear vectores de ataque conhecidos. Quando uma solução alternativa reduz a funcionalidade, tal é indicado na entrada.

  • Impeça a execução de objectos COM no Internet Explorer

    Pode desactivar tentativas de instanciar o objecto COM no Internet Explorer definindo o kill bit para o controlo no registo.

    Aviso Se utilizar o Editor de Registo incorrectamente, pode causar problemas sérios que podem vir a obrigar à reinstalação do seu sistema operativo. A Microsoft não pode garantir que consiga resolver problemas que resultam da utilização incorrecta do Editor de Registo. A utilização do Editor de Registo é da sua responsabilidade.

    Para mais informações sobre como impedir que um controlo seja executado no Internet Explorer, consulte o Artigo 240797 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft. Este artigo mostra também como criar um valor Compatibility Flags no registo para impedir que um objecto COM seja instanciado no Internet Explorer.

    Cole o texto seguinte num editor de texto como o Notepad. Depois, guarde o ficheiro com a extensão de nome de ficheiro .reg.

    Editor de registo do Windows versão 5.00
    [HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Internet Explorer\ActiveX Compatibility\{F0E42D50-368C-11D0-AD81-00A0C90DC8D9}]
    "Compatibility Flags"=dword:00000400

    [HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Internet Explorer\ActiveX Compatibility\{F0E42D60-368C-11D0-AD81-00A0C90DC8D9}]
    "Compatibility Flags"=dword:00000400

    [HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Internet Explorer\ActiveX Compatibility\{F2175210-368C-11D0-AD81-00A0C90DC8D9}]
    "Compatibility Flags"=dword:00000400

    Pode aplicar este ficheiro .reg a sistemas individuais ao clicar duas vezes sobre ele. Pode ainda aplicá-lo através de domínios usando uma Política de Grupo. Para mais informações sobre as Políticas de Grupos, consulte os seguintes Web sites da Microsoft:

    Nota Tem de reiniciar o Internet Explorer para que as alterações tenham efeito.

    Impacto da solução alternativa: O controlo ActiveX deixará de ser instanciado no Internet Explorer. Os clientes que dependem deste controlo para visualizar um instantâneo de relatório sem terem as versões standard ou run-time do Microsoft Office Access 97 através do Microsoft Office Access 2007 instaladas poderão verificar que os seus relatórios não são apresentados se utilizarem o controlo ActiveX para o Snapshot Viewer através do Internet Explorer.

  • Configure o Internet Explorer para que seja pedida uma confirmação antes de executar Scripts Activos ou desactive os Scripts Activos nas zonas de segurança de Intranet Local e Internet

    Pode ajudar a proteger-se contra a exploração desta vulnerabilidade mudando as definições, para que seja pedida uma confirmação antes de executar Scripts Activos, ou desactivando os Scripts Activos, nas zonas de segurança de Internet e de intranet local. Para isso, siga estes passos:

    1. No Internet Explorer, clique em Opções da Internet no menu Ferramentas.
    2. Clique no separador Segurança.
    3. Clique em Internet e, em seguida, clique em Personalizar Nível.
    4. Em Definições, na secção Processamento de Scripts, em Processamento de Scripts Activo, clique em Pedir ou Desactivar e, em seguida, clique em OK.
    5. Clique em Intranet Local e, em seguida, clique em Nível Personalizado.
    6. Em Definições, na secção Processamento de Scripts, em Processamento de Scripts Activo, clique em Pedir ou Desactivar e, em seguida, clique em OK.
    7. Clique duas vezes em OK para voltar ao Internet Explorer.

    Nota Desactivar Scripts Activos nas zonas de Internet e Intranet local pode fazer com que alguns Web sites não funcionem correctamente. Se tiver dificuldade em usar o Web site depois de alterar esta definição e tiver a certeza de que o site é seguro, pode adicionar esse site à sua lista de sites fidedignos. Isto fará com que o site funcione correctamente.

    Adicione sites que considere fidedignos à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer

    Depois de definir o Internet Explorer para requerer solicitação antes de executar controlos ActiveX e Scripts Activos nas zonas da Internet e da Intranet Local, pode adicionar sites que considere fidedignos à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer. Isto irá permitir que continue a utilizar os Web sites fidedignos da mesma forma que actualmente, enquanto ajuda a proteger-se contra este ataque a sites não fidedignos. A Microsoft recomenda que adicione à Zona de sites fidedignos unicamente sites que considere fidedignos.

    Para isso, siga estes passos:

    1. No Internet Explorer, clique em Ferramentas, clique em Opções da Internet e, em seguida, clique no separador Segurança.
    2. Na caixa Seleccione uma zona de conteúdo da Web para especificar as respectivas definições de segurança, clique em Sites Fidedignos e, em seguida, clique em Sites.
    3. Se quiser adicionar sites que não precisam de um canal encriptado, desmarque a caixa de verificação Pedir verificação de servidor (https:) para todos os sites desta zona.
    4. Na caixa Adicionar este Web site à zona escreva o URL do site que considera fidedigno e, em seguida, clique em Adicionar.
    5. Repita estes passos para cada site que pretenda adicionar à zona.
    6. Clique duas vezes em OK para aceitar as alterações e voltar ao Internet Explorer.

    Nota Adicione sites que considera fidedignos de não provocarem acções maliciosas no seu sistema. Dois dos que poderá querer adicionar são o *.windowsupdate.microsoft.com e o *.update.microsoft.com. São estes os sites que vão alojar a actualização e necessitam de um controlo ActiveX para instalar a actualização.

    Impacto da solução alternativa: Os pedidos de confirmação antes de executar Scripts Activos têm efeitos que pode não desejar. Muitos Web sites na Internet ou numa intranet utilizam Scripts Activos para fornecer funcionalidades adicionais. Por exemplo, um site de comércio electrónico online ou alguns sites de operações bancárias podem utilizar Scripts Activos para fornecer menus, formulários de encomenda ou mesmo extractos bancários. Os pedidos de confirmação antes de executar Scripts Activos são uma definição global que afecta todos os sites da Internet e intranet. Ser-lhe-á pedida frequentemente a confirmação quando activar esta solução alternativa. Para cada pedido, se achar que pode confiar no site que está a visitar, clique em Sim para executar os Scripts Activos. Se não quiser que lhe seja pedida a confirmação para todos estes sites, efectue os passos indicados em "Adicione sites que considere fidedignos à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer”.

  • Configure as definições das zonas de segurança de Intranet Local e Internet para “Alta”, para que seja pedida a confirmação antes de executar Controlos ActiveX e Scripts Activos nestas zonas

    Pode ajudar a proteger-se contra a exploração desta vulnerabilidade alterando as definições da zona de segurança da Internet para pedir confirmação antes de executar controlos ActiveX e Scripts Activos. Pode contribuir para isso definindo a segurança do seu browser para Alta.

    Para aumentar o nível de segurança do browser no Internet Explorer, siga estes passos:

    1. No menu Ferramentas do Internet Explorer, clique em Opções da Internet.
    2. Na caixa de diálogo Opções da Internet, clique no separador Segurança e, em seguida, clique no ícone Internet.
    3. Em Nível de segurança para esta zona, mova o cursor para Alta. Isso define o nível de segurança para Alto para todos os Web sites que visita.

    Nota Se não vir nenhum cursor, clique em Nível predefinido e, em seguida, mova o cursor para Alto.

    Nota Definir o nível para Alto pode fazer com que alguns Web sites funcionem incorrectamente. Se tiver dificuldade em usar o Web site depois de alterar esta definição e tiver a certeza de que o site é seguro, pode adicionar esse site à sua lista de sites fidedignos. Isto permitirá que o site funcione correctamente, mesmo com a definição de segurança configurada para Alta.

    Adicione sites que considere fidedignos à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer

    Depois de definir o Internet Explorer para requerer solicitação antes de executar controlos ActiveX e Scripts Activos nas zonas da Internet e da Intranet Local, pode adicionar sites que considere fidedignos à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer. Isto irá permitir que continue a utilizar os Web sites fidedignos da mesma forma que actualmente, enquanto ajuda a proteger-se contra este ataque a sites não fidedignos. A Microsoft recomenda que adicione à Zona de sites fidedignos unicamente sites que considere fidedignos.

    Para isso, siga estes passos:

    1. No Internet Explorer, clique em Ferramentas, clique em Opções da Internet e, em seguida, clique no separador Segurança.
    2. Na caixa Seleccione uma zona de conteúdo da Web para especificar as respectivas definições de segurança, clique em Sites Fidedignos e, em seguida, clique em Sites.
    3. Se quiser adicionar sites que não precisam de um canal encriptado, desmarque a caixa de verificação Pedir verificação de servidor (https:) para todos os sites desta zona.
    4. Na caixa Adicionar este Web site à zona escreva o URL do site que considera fidedigno e, em seguida, clique em Adicionar.
    5. Repita estes passos para cada site que pretenda adicionar à zona.
    6. Clique duas vezes em OK para aceitar as alterações e voltar ao Internet Explorer.

    Nota Adicione sites que considera fidedignos de não provocarem acções maliciosas no seu sistema. Dois dos que poderá querer adicionar são o *.windowsupdate.microsoft.com e o *.update.microsoft.com. São estes os sites que vão alojar a actualização e necessitam de um controlo ActiveX para instalar a actualização.

    Impacto da solução alternativa: Os pedidos de confirmação antes de executar Controlos ActiveX ou Scripts Activos têm efeitos que pode não desejar. Muitos Web sites na Internet ou numa intranet utilizam controlos ActiveX ou Scripts Activos para fornecer funcionalidades adicionais. Por exemplo, um site de comércio electrónico online ou sites de operações bancárias podem utilizar Controlos ActiveX para fornecerem menus, formulários de encomenda, ou mesmo extractos bancários. Os pedidos de confirmação antes de executar Controlos ActiveX ou Scripts Activos são uma definição global que afecta todos os sites da Internet e da Intranet. Ser-lhe-á pedida frequentemente a confirmação quando activar esta solução alternativa. Para cada pedido, se achar que pode confiar no site que está a visitar, clique em Sim para executar os Controlos ActiveX ou Scripts Activos. Se não quiser que lhe seja pedida a confirmação para todos estes sites, efectue os passos indicados em "Adicione sites que considere fidedignos à Zona de sites fidedignos do Internet Explorer”.

Outras informações

Recursos:

Exclusão de garantia:

As informações fornecidas neste aviso são fornecidas "tal como estão", sem garantias de qualquer tipo. A Microsoft exclui todas as garantias, sejam expressas ou implícitas, incluindo as garantias de comercialização e adequação a um fim específico. Em caso algum serão a Microsoft Corporation ou os seus fornecedores responsáveis por quaisquer prejuízos, incluindo prejuízos directos, indirectos, incidentais ou consequentes, extraordinários ou por perda de lucros negociais, ainda que a Microsoft Corporation, ou os seus fornecedores tenham sido notificados da possibilidade de ocorrência de tais prejuízos. A exclusão ou limitação de responsabilidade por prejuízos consequentes ou incidentais não é permitida em alguns estados ou jurisdições, pelo que a limitação supra poderá não ser aplicável.

Revisões:

  • 7 de Julho de 2008: Aviso publicado

Built at 2014-04-18T01:50:00Z-07:00

Mostrar: